A tribuna popular foi utilizada pelo cidadão Mozart Faria, durante a 1ª Sessão Ordinária da Câmara de Guaxupé, para expor pontos importantes tocantes ao saneamento da cidade.

Conforme Mozart, atualmente o município sofre com os descuidos da Copasa. Para ele, se faz necessária a criação de uma autarquia municipal responsável pelos cuidados com o saneamento, para que assim seja possível ter maior controle sobre a situação e oferecer um serviço de qualidade aos guaxupeanos.