Foi protocolado na Câmara um pedido de abertura de CPI pelo vereador Leonardo Donizette de Moraes, com a assinatura de outros sete vereadores: Paulo César Beltrão, Francis Osmar da Silva, Ari Cardoso, Maria José Cyrino Marcelino, Francisco Timóteo de Resende, Wilson Ruiz de Oliveira e Donizette Luciano dos Santos. O fato que motivou o pedido foi uma matéria recente divulgada no Jornal Jogo Sério onde o ex-secretário de Meio Ambiente, Mozart Faria, mencionou uma suposta irregularidade no processo de venda da rede de esgoto do município para a Copasa em 2012, durante a gestão do então prefeito Roberto Luciano. A menção de Mozart se deu em uma reunião com a Comissão de Meio Ambiente da Câmara, além dos vereadores Jorge Batista Bento da Paz, Paulo Cézar Beltrão e Francisco Timóteo de Resende , também estava presente na reunião o ex-secretário de obras e chefe do gabinete de Roberto Luciano, José Marcos de Oliveira.

Durante a 6ª Sessão Ordinária, dia 23 de abril, o Presidente da Câmara, Danilo Martins, leu o requerimento e declarou a CPI aberta, agora cabe a ele nomear quais os parlamentares que farão parte da Comissão que investigarão o fato. Danilo leu também uma correspondência enviada pelo ex-prefeito Roberto Luciano, solicitando a Comissão de Meio Ambiente todos os documentos apresentados pelo ex-secretário, Mozart Faria, a fim de tomar as providências judiciais cabíveis.