PROFESSORES ENTREGAM CARTA DE REPÚDIO AO GOVERNADOR ZEMA

PROFESSORES ENTREGAM CARTA DE REPÚDIO AO GOVERNADOR ZEMA

Durante a sessão ordinária da última segunda-feira, 28 de março, professores e profissionais da educação estiveram na Câmara de Guaxupé para manifestar contra o congelamento de seus salários e entregar uma carta de repúdio a ser enviada ao governador Romeu Zema. O professor e ex-vereador Sérgio Faria fez uso da Tribuna para ler o documento e falar sobre os motivos da greve na educação do Estado.

Conforme Faria, o governo de Minas Gerais deixou de investir quase R$ 7 bilhões que deveriam ser destinados para a Educação. Além disso, afirmou também que a administração não tem cumprido com a política salarial de trabalhadores da Educação, pagando salários abaixo do mínimo para cargos de Auxiliares de Serviços, sem considerar os adicionais. 

Quanto à remuneração, o professor também disse que o salário se encontra congelado há 5 anos, não tendo nem mesmo o reajuste inflacionário, o que pode ser piorado caso o governo do Estado adira ao programa de recuperação fiscal oferecido pelo Governo Federal, levando a um sucateamento do setor. O presidente da Câmara, Donizetti Luciano dos Santos, se prontificou a encabeçar o ofício a ser enviado pela Casa ao Governo de Minas, que poderá também ser assinado pelos outros vereadores.

Galeria de fotos
Comentários